O que é?

Desde 1998 o Estado do Rio Grande do Sul instituiu, através da Lei nº 11.179, que a população define diretamente parte dos investimentos e serviços que constarão no orçamento do Estado. Esse processo foi denominado de Consulta Popular.

Anualmente o Governo do Estado fixa o valor submetido à deliberação da população. Este valor é distribuído entre as 28 Regiões do Estado, de acordo critérios como a população de cada região e o Índice de Desenvolvimento Socioeconômico (IDESE).

Definido o valor para cada região, o governo e os Conselhos Regionais de Desenvolvimento (COREDES) organizam o processo de discussão em Audiências Públicas Regionais, Assembleias Municipais e Fóruns Regionais. Nos encontros, é construída uma cédula de votação regional, que é submetida aos eleitores gaúchos em um dia de votação da Consulta Popular.

Como votar?

A cédula de votação das regiões está dividida em quatro campos. Os eleitores poderão escolher até quatro demandas entre as incluídas na cédula de votação, da seguinte forma:

  1. uma demanda na área da saúde
  2. uma demanda na área da educação
  3. duas demandas nas demais áreas.

No último campo, o eleitor irá escolher 4 entre 15 áreas que são prioritárias para sua região.